02 maio 2018

O acaso. Ou talvez não...


Pelas mãos da "Maria Eu" descobri "Miss Smile" e a frase de introdução do seu blogue "O acaso dá-nos o primeiro verso...."
Nunca tinha pensado nisso. 
Nunca tinha pensado no acaso como fonte de inspiração para um texto.
Miss Smile tem razão. Tudo o que nos rodeia é susceptível de ser contado. Por vezes (quase sempre!) a dificuldade é saber por onde começar.

O domingo à tarde provoca em mim uma ansiedade e angústia que pode estragar todo o fim de semana. Por isso, e por prevenção, resolvi ir para a varanda mudar plantas de vasos,varrer e reorganizar. Talvez não seja altura de mudar as plantas de vasos, mas era uma questão terapêutica e, tinha mesmo de ser!

Confúcio disse "escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia da tua vida".


E pronto, missão cumprida... 

22 comentários:

João P. disse...

Por acaso! Já tinhas ali uma floresta amazónica, que só com uma catana e e um excelente sentido de orientação se podia aventurar na varanda 😁😎

Olha, gosto que escrevas, sobre o acaso e sobre qualquer coisa😉

E gosto de ti! Para que saibas!

Jota Esse disse...

Eureka! Consegui entrar neste blog. eheheh
Confucio tinha muitas ideias, mas eram ideias "confucias". Aquela cabeça era uma "confucião".
Por acaso também sinto alguma dificuldade em começar um texto. Às vezes ando horas a escrever mentalmente, mas quando quero escrever mesmo, é que reparo que pensei em tudo, menos no começo.
Era porreiro se inventassem uma interface que desse para ligar a cabeça ao computador e transferir dados diretamente, sem termos que passar pelo teclado. Pode ser que inventem cabeças com bluetooth... antes que o mundo acabe, porque isto anda preso com arames e cordéis e um dia acordamos e a Terra desapareceu. lol

Boop disse...

É verdade sim!
Tens razão!
O mote vem muitas vezes de fora (arriscaria dizer quase sempre).
E depois lá pensamos /sentimos / escrevemos coisas - essas sim que têm a ver connosco!

Cuida das tuas plantas!
:)

Only Mafy disse...

Estava uma verdadeira confusão, confesso!
Eu também gosto de escrever, mas não consigo pôr no papel os pensamentos...
E também gosto de mim! Para que saibas!
Ah! De ti também 😉

Only Mafy disse...

Esqueci-me da porta fechada?! 😕
Olha também quero esse aparelhometro. Talvez consiga dizer umas quantas coisa que tenho engasgadas.

Only Mafy disse...

Verdade Boop!
Cuido sim. Para mim é terapêutico. E se preciso disso...

Gaja Maria disse...

Há duas coisas que me ajudam com o stress e a ansiedade, pedalar e jardinar :) resultam sempre

Only Mafy disse...

A mim também. Mas tenho andado com preguiça para pedalar. E o tempo não tem sido muito

luisa disse...

Ainda não me dediquei à jardinagem, embora admita que um dia vou experimentar. Para combater o stress vou para o campo ou para a praia dar trabalho à máquina fotográfica. Ler o blog da Miss Smile também ajuda. :)

Only Mafy disse...

Eu gosto muito de jardinar.
E gostei muito do blogue da Miss Smile! É "leve".
Obrigada pela passagem Luísa ☺️

Marta Moura disse...

Tão bonita a frase sobre o acaso. :)

Perséfone disse...

Abençoado empurrão ;)
E também fala com elas?!
Bom dia, Only Mafy

Only Mafy disse...

E verdadeira! O resto é que é pior...

Only Mafy disse...

Estava a precisar.
Falo. Não tanto como gostaria. E dou-lhes música. Literalmente!
Boa noite Perséfone 😊
Agradecida pela visita

Titica Deia disse...

Eu também gosto muito de tratar das minhas :-)

Beijinhos
https://titicadeia.blogspot.pt/

Only Mafy disse...

É terapêutico.
Beijinhos

Fá menor disse...

Pode haver sempre um acaso que dê o mote. É preciso saber aproveitá-lo.

Beijinhos.

Only Mafy disse...

Bem verdade Fá.
Por vezes nem é não saber aproveitar. É preguiça, comodismo, desleixo... Enfim...
Beijinhos

Ana Rodrigues disse...

Concordo com isso, temos de estar atentos aos acasos :) bjs

Agostinho disse...

Viva,
não me recordo de passar por aqui, talvez sim, talvez não. O que importa é que estou, agora, a ver um Acaso que não o é. Há sempre uma razão para o que se pensa, se diz e o que se faz.
As maiores felicidades, OM.

Only Mafy disse...

Bem verdade Ana. A "vida" deixa-nos distraídos. Por vezes hipnotizados :) beijo

Only Mafy disse...

Agradeço a passagem e ter dado conta dela :)
Volte sempre Agostinho. Felicidades