02 novembro 2014

Persuasão ou vencer pelo cansaço!

Hoje deixei-me render e levei-os a almoçar ao Mac. Nem sempre nem nunca! Ok ok. Mentir é feio e hoje até fui à missa. Pronto, não me apeteceu cozinhar!

Depois fomos às compras que durante a semana com tanta correria alguma coisa fica para trás.

Lembrete muito muito importante!
Daqui até finais de Janeiro fica expressamente proibido levar o miúdo ao supermercado!
Mais de meia hora para atravessar 3 corredores de bonecada!
Comecei por dizer, e começo logo por afirmar para não haver dúvida das intenções, "vamos levar um pacote novo de plasticinas que as tuas parece que já estão podres!"
Note-se que me refiro à cor das mesmas e não ao cheiro. É que de tanto amassar, esticar, colar e construir bonecos a cor é muito uniforme. Assim para um cinzento suspeito....
Agora a parte difícil!
Explicar que os brinquedos são caros. Que o natal está a chegar. Que tem tantos brinquedos que quase dava para abrir uma loja. (ok exagero meu! Mas sendo o terceiro é normal que a variedade seja maior!)
Acreditem não foi fácil e era tudo caríssimo! Desde perto dos 60 euros até aos 20 e tal (dos que ele queria).

Não estava nada fácil uma solução pacífica e era mais fácil um não e ponto final! Mas eu não sou assim.
Não acredito em vencer pela força (no que toca aos meus filhos!)
Já estava perto do meu limite quando ele me diz : "E a espada de luz? Pode ser a espada de luz mãe? "

Para cúmulo nem preço tinha. Agarrei na espada e dirigi-me ao leitor de códigos de barras. 7,50€ marcou o leitor.
" Pode! " - respondi eu já farta de brinquedos.

O resto até correu bem. Tirando um ou outro "Podemos ir pagar agora? "

Chegados a casa, a espada teve direito a 10 minutos de brincadeira, já a caixa das 12 plasticinas.... Vai em 2 horas!

Tenho ou não capacidade de antever o fim dos brinquedos?!

1 comentário:

João Pereira disse...

Tens! Essa capacidade e mais ainda! Levar a canalha às compras e na maior parte das vezes sinónimo de birra!

Conheces quem tens, e isso é vantagem!